Artigos - BLOG

BLOG
JCMacedo Consultoria Empresarial
DESIGN
BLOG
Ir para o conteúdo

COMO ENCARREGAR-SE DE SUA VIDA

BLOG
Publicado por JCM em Gestão de Pessoas · 30 Junho 2020
 
COMO  encarregar-se de sua vida
 
 
Você só tem uma vida para viver
 
Você a está vivendo com amor próprio, com objetivo, com estratégia visando um crescimento contínuo  -  ou você não passa de um fantoche vivo cujos fios são puxados pôr outros?
 
O fator determinante na sua opção de experimentar é aprender a dirigir sua vida, determinar e depois ir em busca das próprias metas, é o CONTROLE.
 
Pode apreender a  tomar uma posição pôr si mesmo, dizer NÃO em vez de SIM, agir em vez de ser forçado a agir.
 
Qualquer controle sobre si mesmo que abandonou um dia, pode ser recuperado para você ficar no comando do seu próprio destino outra vez. Trata-se de restaurar sua dignidade e sua individualidade.
 
Sempre que permitimos aos outros que controlem nossas vidas, colocamos nosso futuro nas mãos deles, abdicamos o nosso direito de fazer as escolhas que nos beneficiem e sufocamos toda a oportunidade de crescermos. Sem metas, sem prioridades, sem estratégia própria de vida, perambulamos como um rebanho pôr  uma campina de mediocridade infindável, incapazes de nos liberarmos para alcançarmos ao menos uma pequena parte dos sonhos que um dia acalentamos.
 
O único modo com que podemos evitar sermos sobrepujados e neutralizar as forças que nos cercam é achar nosso próprio centro, acreditar em nós mesmos, ignorar as vozes conflitantes à nossa volta e ouvir nossas vozes interiores.
 
Quando perdemos a nossa autonomia individual e a nossa liberdade de escolha, então o resultado é a frustração, o isolamento, a agressão e a violência. Se você não dirige a si mesmo, então, pela omissão, as circunstâncias ou as pessoas o dirigirão.
 
Trata-se de criar uma POSIÇÃO DE VIDA, uma base na qual resista e da qual sai para travar relações com as realidades sempre em mudança e com os despropósitos de nossa era.
 
A seguir sete conceitos para tomar uma posição para si mesmo:
 
Tomar uma posição para si mesmo, uma posição na vida, é uma parte essencial durante nossa caminhada pela vida, fazendo com que consiga se direcionar através do crescimento:
 
 
1.      Não peça permissão   -    FAÇA
 
2.      Não confirme nada  -  CONFIRA AS COISAS COM VOCE MESMO, NÃO COM AS OUTRAS PESSOAS.
 
3.      Não peça desculpas  -  ISSO MOSTRA AOS OUTROS QUE SE AUTODEPRECIA.
 
4.      Não se recrimine  -  A SÍNDROME DA OPORTUNIDADE PERDIDA IMPEDE QUE VOCE VÁ EM FRENTE.
 
5.      Não diga “eu devia” ou “eu não devia”  -  PERGUNTE  “POR QUE” OU  “POR QUE NÃO”.
 
6.      Não tenha medo de dizer Não ou Sim  -  AJA SEGUNDO O QUE PENSA E SENTE.
 
7.      Não se coloque inteiramente nas mãos dos outros  -  SEJA AUTODETERMINADO.
 
 
Cada uma dessas chaves é uma negativa porque é necessário atuar contra a nossa rendição muito freqüente aos preceitos culturais e sociais que insistem em nosso conformismo, que nos dizem que a segurança está em sermos iguais às outras pessoas em vez de satisfazermos nossas necessidades individuais pelo crescimento contínuo. Mas essa amostra negativa não significa que devemos abandonar os outros ou deixar de levá-los em conta. A verdade é que podemos Ter compreensão e consideração pêlos outros apenas na medida em que nos fortalecemos. Se somos zero, governados pôr outros, então não temos nada para dar-lhes. Só quando começamos a dirigir nossa própria mudança é que podemos nos dar verdadeiramente de um modo cuidadoso e participante  -
 
NOS DAR PARA OUTRA PESSOA, PROJETO  OU  SITUAÇÃO, não levados pela autodepreciação e fraqueza e sim levados pêlos nossos sentimentos de independência, autoconfiança e segurança.
 
O fato é de que nesse processo de mudança poderemos perder velhos amigos, é claro – mas se nossas amizades baseiam-se na nossa fraqueza em vez de em nossa força, será que esses são bons amigos para nós?
 
A utilização dessa chaves nos possibilitam mudarmos e crescermos criativamente, com a nossa força faremos novos amigos que pôr sua vez são fortes, se acharmos necessário “magoar” alguém para determinarmos nossas próprias vidas, o que isso realmente quer dizer é que já não estamos dispostos a deixar que nos magoem, não estamos mais dispostos a deixar que nos impeçam de nos realizarmos. Uma vez não deixando que nos magoem, torna-se possível, com a nossa nova energia, nos darmos a eles e ajudá-los, porque gostamos. Então podemos aceitar mais facilmente, sem nos sentirmos magoados ou rejeitados, quando os outros nos dizem não.
 
Quando começamos a nos encarregar de nossas vidas, a reconhecer nós mesmos, não há mais nenhuma necessidade de pedir permissão a alguém.
 
Se houver outra pessoa a ser afetada pelo que você vai fazer, então pode perguntar como ela se sente a respeito do que pretender fazer. Peça o feedback dele ou dela e depois utilize essa nova informação ao formular decisões. É importante atender a esses sentimentos e levá-los em consideração, mas não é a mesma coisa que pedir permissão. Pedir permissão é dar a alguém o poder de veto sobre sua vida; pôr outro lado, pedir feedback é reunir informações que possam ser equilibradas com as suas próprias necessidades, seus próprios valores.
 
Conhecer seus valores e agir sobre eles, significa que você se tornou sua própria pessoa, seu próprio chefe, seu próprio mentor.
 
Contudo, isso não significa falta de interesse pêlos outros e suas responsabilidades para com eles e pôr eles. Podemos explicar aos outros o porque das nossas decisões e ações, ou nossos erros impulsivos e impensados, mas devemos fazer isso porque gostamos dos outros, não porque nos sentimos controlados pôr eles. Quando explicamos que, na verdade, os estamos elogiando, os estamos tratando como pessoas de maturidade igual à nossa. Se não aceitam ou não podem aceitar nossas verdadeiras explicações, nossas decisões e ações devido a problemas deles mesmos, em primeiro lugar não merecem desculpas. Explicações sim, desculpas não. Se medem nosso valor apenas pelo quanto concordamos com o que querem que façamos, na verdade estão pedindo para não darmos nenhum valor a nós mesmos. Essas pessoas não estão amadurecidas e suas objeções aos nossos passos para a maturidade simplesmente não são válidas.
 
Uma vez que você é capaz de aceitar a responsabilidade pôr suas ações e pode explicar aos outros seus motivos para tais ações, uma vez que é capaz de examinar os aspectos negativos e positivos de si mesmo e, pôr isso, começa a descobrir seu caminho para a mudança, então, sob esse aspecto, os outros também devem aceitar sua autenticidade; do contrário, apresentam-se como depreciadores, pessoas cujo senso de valor próprio depende do seu ser menos amadurecido, menos certo do seu valor do que eles são do deles. No final, você pode demonstrar nenhuma consideração maior pôr eles, a não ser apreciá-los o suficiente para contar-lhes a verdade sobre suas necessidades.
 
 
Mudar nunca é tão simples. O que realmente está implícito não é a liberação do eu autêntico, mas a formação de um novo eu, um eu que transcenda gradualmente as limitações e a pequenez do antigo. Isso só pode ser feito procedendo-se de modo diferente ao interagir com outras pessoas. Novas estratégias terão de ser desenvolvidas, expressando as novas intenções e que encorajem os outros a tomarem parte recíproca em relações humanas melhores.
 
 
Estas chaves são ferramentas, logo, uma nova estratégia para lidar com os outros que nos permita expressar nossas próprias necessidades, apesar das inibições culturais contra esse procedimento, essas chaves expressam uma nova intenção e quando acompanhadas de uma explicação compassiva para nossas ações, podem realmente encorajar os outros a tomarem parte recíproca na mudança criativa.
 
 
Mas da mesma forma que é importante você não pedir permissão, que confira as coisas consigo mesmo em vez de confirmar as instruções com os outros e que não se desculpe desnecessariamente, também é importante não se recriminar quanto a fracassos passados. Desculpas a você mesmo, na verdade, são as bases da autodepreciação que leva a desculpar-se com os outros; se perde tempo se recriminando, cheio de remorso do passado e das oportunidades perdidas em sua vida, você não está se dirigindo, mas deixando que o PASSADO o dirija em sua vida. Seu passado detém  tantos meios-passos potenciais para o futuro quanto as oportunidades perdidas. Escave o passado para o que seja útil; aprenda com os enganos e lembre-se de que nada é desperdiçado.
 
Quando você diz, EU  DEVIA  FAZER  ISTO, ou  EU  NÃO  DEVIA  FAZER  ISTO , em muitos casos também está permitindo a si mesmo ser enganado pelo passado, seguindo as regras estabelecidas pelos pais, professores ou outros mentores que podem não Ter mais nenhum significado real para você em nossa cultura atual. Muitas moralidades tradicionais de nossa sociedade, os DEVIAS e os NÃO DEVIAS, passados de geração a  geração, são os preservadores de valores importantes; mas muitos outros só fazem sentido nos termos de um tipo de sociedade que já não existe mais.
 
 
Para viver no PRESENTE, em direção ao FUTURO, e fazer o máximo de nós mesmos, temos de começar a fazer distinções entre os DEVIAS e os NÃO DEVIAS que fazem e os que não fazem sentido em termos de realidade atual.
 
 
 
Você tem que se perdoar pôr aquilo que não foi capaz de realizar ( NECESSIDADE)
 
 
Você tem que se permitir se preparar para aquilo que pretende realizar (POSSIBILIDADE)
 
 
 
Fazendo, realizando está obtendo.
 
Fez, realiza, obtem.
 
 
 
 
1.º) Tome cuidado apenas consigo mesmo e mais ninguém; trazemos nossos piores inimigos dentro de nós mesmos.
 
Para planejar seu futuro com seriedade é necessário compreender e avaliar seu passado.
 
 
1.      Como olhar para trás para ONDE você tem andado.
 
 
Mude sua procura pôr RESPOSTAS e adote um procedimento de PERGUNTAS
 
 
2.      Como talhar sua marca registrada de sucesso.
 
 
Dois critérios:  1- Os outros acham que você é um sucesso?
 
                        2- Você também pensa assim?
 
Fatores essenciais:
 
 
1-      O propósito
 
2-      A média de aproveitamento.
 
3-      O Preço do sucesso. A ALEGRIA é o peso e o ESFORÇO o contrapeso.
 
4-      A satisfação.
 
5-      A Espiritualidade.
 
 
SER  e  VER  nós mesmos.
 
 
3.      COMO Avaliar as próprias vantagens.
 
 
Sentir pena de si mesmo e de sua situação atual não só é um desperdício de energia, como talvez o pior hábito que pode adquirir.
 
Ao invés de se preocupar. Conte suas vantagens – e não seus problemas.
 
 
4.      COMO reconhecer os sintomas do fracasso.
 
 
A Vontade de VIVER  e  PODER
 
A Vontade de FRACASSAR
 
 
Onde Inércia e Timidez substituem a ATIVIDADE.
 
 
As vítimas da Vontade de Fracassar.
 
O sonhador ocioso
 
O dançarino extrovertido
 
Os jogadores de paciência
 
Os traças patológicos de livros
 
Os eternos fazedores de palavras cruzadas
 
Os construtores de quebra cabeça
 
Os bebedores inveterados
 
Os sedutores universais
 
 
Quando se utiliza o VERBAL: Quero dizer, É claro, Imagino, Você entende?, Você sabe, Aliás. Nos Introvertidos e Extrovertidos, a intenção, muitas vezes inconsciente, de atulhar a vida de atividades secundárias ou atividades substitutas de forma a não haver tempo para desempenhar o melhor trabalho de que alguém é capaz, em resumo,
 
A INTENÇÃO É FRACASSAR.
 
 
5.      COMO vencer as 10 causas mais comuns do fracasso:
 
 
1.      o velho truque de pôr a culpa nos outros.
 
2.      O oposto do primeiro: a tendência imediata de se culpar, mesmo em segredo.
 
3.      Não Ter objetivos.
 
4.      Escolher os objetivos errados.
 
5.      O atalho ( a resistência passiva)
 
6.      Escolher a longa estrada ( relatividade)
 
7.      Negligenciar pequenas coisas ( detalhes)
 
8.      Desistir cedo demais
 
9.      Fardo do passado
 
10.  Ilusão do sucesso.
 
 
2.º) Comece a ser agora o que você será daqui em diante.
 
 
Ter sucesso significa que você, provavelmente, terá que sair da fila e marchar ao som do seu próprio tambor.
 
 
6.      COMO aceitar o desafio do sucesso.
 
 
Acredita mesmo que foi colocado aqui para fracassar?
 
-          Utilize seus talentos.
 
 
É errado ser rico?
 
-          dinheiro é o meio.
 
 
É preciso passar pelo inferno para chegar ao céu?
 
-          aceite o desafio.
 
 
Estar aqui não é toda a permissão de que se precisa?
 
-          faça, é melhor pedir perdão do que permissão. Aceite o desafio, acredite no seu talento.
 
 
Quem vai controlar sua vida?
 
-          Você é responsável pelos resultados que obtém.
 
 
Você foi planejado para ser conduzido?
 
-          NÃO. Use a imaginação para Realizar, Lutar, Construir.
 
 
Você prefere a mediocridade?
 
-          estamos equipados para transformar nossos sonhos em realidade, a solução é micro e não macro.
 
 
Aceita ser responsável pôr você?
 
-          o fugir de si mesmo, a disciplina como fator integrador. A verificação do que acha dos outros.
 
 
Você pode impedir o próprio sucesso?
 
-          reconheça que o que sempre fez podia Ter sido feito melhor.
 
 
Acha que merece o sucesso?
 
-          seja você, e utilize a melhor combinação de talentos que possuir, seja qual for.
 
 
Vai esperar que o mundo venha a você?
 
-          apresente-se ao mundo.
 
 
Quer agir agora?
 
-          apresente-se ao mundo e use seus talentos ao máximo.
 
 
7.      COMO dar aos seus sonhos a oportunidade de se realizarem.
 
 
Suas únicas limitações são as que você estabelece em sua própria mente, ou que permite aos outros estabelecerem pôr você.
 
De uma chance para o sucesso acontecer,
 
FAÇA
 
Acredite que pode e vai descobrir que pode mesmo.
 
 
8.      COMO desenvolver a energia para avaliar as oportunidades.
 
 
Com:
 
Bons sentimentos a respeito de si mesmo.
 
Sua determinação em levar a melhor vida que puder.
 
E a sensação – que só você pode dar a si mesmo – de que é uma pessoa de valor, merecedora.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
COMO Tornar-se e Permanecer Entusiasmado
 
 
Entusiasmo é um dos fatores mais importantes e necessa’rios para o sucesso.
 
É o principal ingrediente absolutamente necessário  para voce ser eficiente e competente.
 
O significado do entusiamo:
 
 
Teos  -  Deus
 
                           - Deus dentro de VOCE
 
En –Tae -       
 
 
O Ser Divino, autor e fonte de toda a bondade, beleza, honetidade e amor.
 
Deus está no coraçã do indivíduo possuido por uma visão... inflamado por um sentimento caloroso... que está determinado a fazer o sonho tornar-se realidade. Deus está aí.
 
Desenvolvendo ENTUSIASMO à vontade, o alcançar de metas desejáveis e a eliminação de hábitos indesejáveis.
 
Nenhuma batalha, sejá de que importância fôr, poderá ser ganha sem o entusiasmo.
 
q  Para tornar-se entusiasmado no sentido de alcançar certa meta desejada, mantenha a mente nesta meta, dia após dia. Quanto mais valioso e desejável seu objetivo... mais entusiasmado voce se tornará.
 
q  Lembre-se. As emoções nem sempre estão sujeitas de imediato à razão, MAS ESTÃO SEMPRE SUJEITAS DE IMDEDIATO À AÇÃO.
 
q  Auto motivadores que atraem a razão:
 
O sucesso é alcançado pelos que tentam onde não há nada para perder tentando e muito para ganhar se obtido sucesso, tente sem dúvida.
 
Faça agora e entre em ação imediatamente.
 
Para neutralizar o MEDO:
 
§  Fale em voz alta...
 
§  Rápido...
 
§  Enfatize palavras importantes...
 
§  Hesite onde há um ponto, vírgula ou outra pontuação no texto...
 
§  Conserve um sorriso na voz e... depois use modulação.
 
q  Os sentimentos...disposição e... emoções segurarão à ação. Se quer ser entusiasmado aja entusiasticamente.
 
 
 
 
 


Todos os direitos reservados
JCMacedo
Consultoria Empresarial
BLOG
Santos - SP - Brasil
+55 13 98157-3537
jcmacedo@jcmacedoconsultoria.com.br
BLOG
JCMacedo
Voltar para o conteúdo